Como fazer o controle de produtos de limpeza da sua empresa?

controle de produtos de limpeza

Para que o controle de produtos de limpeza da sua empresa seja eficaz, o primeiro passo é guardá-los todos juntos. Seja em um cômodo adequado ou carrinho próprio, reunir todos os materiais otimiza tempo e facilita a gestão do estoque. Isso porque a equipe saberá onde encontrar determinado item sempre que precisar.

Uma dica para armazenagem é verificar a indicação do fabricante no rótulo. De modo geral, a orientação é usar prateleiras, armários ou suportes específicos para isso. Cestos, nichos e ganchos para vassouras e escovas, por exemplo, também ajudam na organização. É importante manter as embalagens longe da luz direta e do calor, evitando acidentes.

Faça uma relação de todos os materiais usados pela empresa

Em seguida, é necessário fazer uma lista para controle de produtos de limpeza essenciais para sua empresa. Tipo de piso e o material dos móveis são alguns aspectos que devem ser levados em conta. Além disso, a atividade desempenhada pela empresa é determinante, dado que ambientes engordurados ou com graxa requerem processos diferentes.

Alguns coringas que podem estar na relação são: limpador multiúso, álcool, detergente, lustra-móveis e água sanitária. Com estes materiais, é possível fazer a limpeza cotidiana da maioria dos ambientes. Não esqueça de incluir acessórios como vassoura, rodo, balde, saco de lixo, pano de chão e flanela.

Leia mais: 4 dicas para comprar produtos de limpeza que não podem faltar em um escritório

Controle de produtos de limpeza por meio de uma planilha

Uma maneira de economizar é adquirir os itens em compra única mensal, assim as chances de conseguir descontos são maiores. Para saber quais materiais são necessários na hora da compra, uma planilha é muito útil.

A primeira coluna pode conter a relação de todos os materiais utilizados pela empresa. Em seguida, colunas separadas por semana ou dia, dependendo da frequência de limpeza da empresa. No modelo, cada vez que um dos itens é utilizado, deve ser feita uma marcação. Inclusive, é importante saber a quantidade média de uso de cada produto.

Um outro ponto que merece sua atenção é a ficha técnica e laudos dos produtos. Essas informações devem ser colocadas próximo ao produto, pois auxiliam no uso.

Evitando desperdícios a partir do controle de produtos de limpeza

O controle de produtos de limpeza eficaz também reduz desperdícios, já que produtos ou quantidades desnecessárias não são adquiridas. Aliás, vale dizer que a quantidade de produto indicada pelo fabricante costuma ser suficiente para atingir o objetivo proposto. No caso da água sanitária, por exemplo, dois litros duram 10 dias caso a diluição seja conforme o rótulo.

A vantagem de armazenar apenas a demanda mensal é que o dinheiro não fica ‘parado’ na empresa por longos períodos. Mas caso tenha um estoque antigo e novo do mesmo material, não esqueça de organizá-los conforme a data de validade. Itens cujo vencimento está próximo devem ficar à frente dos demais e ser usados primeiro.

Dicas extras de segurança

Não esqueça que para garantir a segurança, os produtos de limpeza não podem ser trocados de embalagem. Eles nunca devem ser armazenados em garrafas PET. Essas medidas são essenciais porque recipientes são desenvolvidos para serem resistentes ao conteúdo e o rótulo contém informações importantes.

É primordial conferir a procedência do fabricante, que deve ter licença da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Isso garante que o material é seguro, pois a fabricação teve um químico responsável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *